«

»

jul. 25 2013

Imprimir Post

As marcas da tortura, no filme “Eu me lembro”

O filme ‘Eu me lembro’, de Luiz Fernando Lobo, foi exibido nesta terça-feira, no Anfi100 da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba.  O filme faz parte da programação da eu me lembrosegunda sessão da Mostra Cinema pela Verdade. A mostra tem o objetivo de promover exibições de filmes seguidas de debates sobre o período da ditadura militar e seus desdobramentos, bem como a relação com as ditaduras contemporâneas do Cone Sul.

Participaram como debatedores estarão o ex-preso político e advogado Vitório Sorotiuk; o presidente do Tortura Nunca Mais e ex-preso político Narciso Pires e a advogada e jornalista Maria Letizia Abatte Soley, filha do militante paraguaio Aníbal Abbatte Soley, sequestrado em Foz do Iguaçu em 1974.

“Eu me Lembro” é um documentário sobre os cinco anos das Caravanas da Anistia e reconstrói a luta dos perseguidos por reparação, memória, verdade e justiça, com imagens de arquivo e de entrevistas em 94 minutos.

A mostra na UFPR será encerrada no próximo dia 1º de agosto, quinta-feira, com a exibição de “Marighella”, de Isa Grinspum Ferraz. Será no Teatro da Reitoria, às 19 horas.

Fonte-Fórum Verdade

 


QR Code - Take this post Mobile!

Faça a leitura deste código QR (Quick Response) com o seu smartphone ou tablet. O código conduzirá à URL desta página que será salva no seu o dispositivo móvel para acesso, compartilhamento e armazenamento.

Link permanente para este artigo: http://www.forumverdade.ufpr.br/blog/2013/07/25/as-marcas-da-tortura-no-filme-eu-me-lembro/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *