«

»

maio 18 2015

Imprimir Post

Desenterrando segredos de Linhares

linhares1

Fonte: Tribuna de Minas

Cultura
17 de maio de 2015 – 06:00

Desenterrando segredos de Linhares

 

Daniela Arbex, repórter especial da Tribuna, lança seu segundo livro, ‘Cova 312’, nesta quarta, abrindo as celas da principal penitenciária política do país
POR MAURO MORAIS

“Tu trouxeste o Milton contigo”, disse Gessi, a irmã do militante político Milton Soares de Castro, ao conhecer, depois de mais de dez anos da primeira ligação telefônica, a jornalista Daniela Arbex. Naquele momento, a repórter que já havia localizado – em reportagens publicadas na Tribuna, em 2002 -, os restos mortais do jovem gaúcho, também levava verdades. Segredos enterrados por mais de 50 anos sobre o único civil preso na guerrilha da Serra do Caparaó. Mistérios escondidos na história oficial sobre o único preso político encontrado morto dentro de uma cela da Penitenciária de Linhares. Em “Cova 312″ (Geração Editorial, 344 páginas), seu novo livro-reportagem, cujo lançamento nacional acontece nesta quarta, dia 20, às 19h, na Livraria Saraiva do Independência Shopping, em Juiz de Fora, Daniela não apenas resgata Milton, mas outros tantos confinados de um dos presídios políticos mais importantes do Brasil.

No encalço da História do país, a autora revela a participação da cidade na ditadura não somente por ter servido como ponto de partida das tropas militares do general Olímpio Mourão Filho, que na noite de 31 de março de 1964 seguiram rumo ao Rio de Janeiro e ao golpe. A cada página, uma nova cela do enorme presídio é aberta. Saem dali personagens que hoje ganharam destaque na política nacional, como o atual governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel. Por detrás das grades, também surge o Documento de Linhares, primeiro registro a ganhar repercussão internacional denunciando torturas e descasos nos porões da ditadura. Daniela faz conhecer, então, os horrores que sempre moraram ao lado e viveram extremamente silenciados.

 

Autora de “Holocausto brasileiro” (Geração Editorial, 2013), título que já superou a marca dos cem mil exemplares vendidos, finalista do Prêmio Jabuti (2o lugar) e vencedora do prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), Daniela mais uma vez sai para o mundo carregando na mala sua cidade de origem e, dessa vez, seu lugar de trabalho. Personagem de relevo na nova obra, a Tribuna serve como cenário e como porta-voz de uma investigação que desmascarou uma farsa sustentada por anos: a real forma da morte de Milton. “Minha história se confunde com a do jornal. Estou aqui há quase 20 anos, e foi ele que me permitiu viver o que poucos repórteres no Brasil viveram. Para mim, o jornal é imenso, o mais importante”, emociona-se a repórter.

Com prefácio de Laurentino Gomes, vencedor do Jabuti de 2014 (Daniela, com seu trabalho de estreia ficou em segundo lugar), “Cova 312″ é a continuidade da premiada série homônima do início dos anos 2000. “O tema pode parecer pesado e, como trata de episódio ainda mal resolvido da História recente brasileira, difícil de digerir. Seria assim, não fosse a capacidade prodigiosa de Daniela Arbex de transformar histórias trágicas em uma narrativa fluida, atraente, poética e, em alguns momentos, até divertida”, comenta o autor da best-seller trilogia “1808″, “1822″ e “1889″. “Aos poucos, ela vai revelando também a cinzenta rotina da prisão: torturas, resistência, amores, sofrimentos, pequenas e efêmeras alegrias que jamais se completavam”, pontua, na orelha da obra, o publisher da Geração Editorial, Luiz Fernando Emediato, que diz ser a história “temperada de tragédia e emoção”.

Após mais de um ano de novas investigações, que ocorreram em Brasília, Minas, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, Daniela escreve, com justiça e sensibilidade, o que o tempo tentou apagar. Registra seus passos jornalísticos ao percorrer os corredores de um presídio, desenterrando a história de anônimos e conhecidos, de Juiz de Fora e de uma nação.

 

‘Ganhei o mundo da sala da minha casa’

linhares2

Leia a entrevista com Daniela Arbex, repórter especial e escritora, no link  Tribuna de Minas

 


QR Code - Take this post Mobile!

Faça a leitura deste código QR (Quick Response) com o seu smartphone ou tablet. O código conduzirá à URL desta página que será salva no seu o dispositivo móvel para acesso, compartilhamento e armazenamento.

Link permanente para este artigo: http://www.forumverdade.ufpr.br/blog/2015/05/18/desenterrando-segredos-de-linhares/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *