«

»

jul. 07 2015

Imprimir Post

Fragmentos da ditadura: “Entre 1964 e 2007 foram 2.187 assassinatos no campo, e menos de 20 julgamentos.”

Massacre de Eldorado de Carajás

Massacre de Eldorado de Carajás

 

“Em 1984, por exemplo, segundo levantamento feito pela ação eclesial do sul do Pará, houve, em apenas um ano, 130 ameaças de morte; 26 pessoas espancadas, feridas e torturadas pela polícia ou por pistoleiros; 321 famílias despejadas; 2.772 ameaças de despejo; e 133 despejos nos quais as casas foram queimadas, os pertences, benfeitorias e roças destruídos.”  

 

MST19

“… Socorro Gomes, do PCdoB, que foi deputada federal, presidente da Comissão Brasileira pela Paz em Genebra.

Eu saí do Pará para não morrer. A CPI da Violência no Campo do Congresso Nacional, de 1996 (ano aproximado), listou os mortos no campo. Dezoito deles são meus amigos. Entre 1964 e 2007 foram 2.187 assassinatos no campo, e menos de 20 julgamentos. Entre 1964 e 1990 foram 1.603 assassinatos. Não tem nem dez pistoleiros presos. E nenhum mandante. No caso do João Batista, os mandantes nem foram citados no processo.” p. 141

thumb.php

 

Trecho extraído do II Volume do Relatório Final da CNV, página 144 e 141.

 


QR Code - Take this post Mobile!

Faça a leitura deste código QR (Quick Response) com o seu smartphone ou tablet. O código conduzirá à URL desta página que será salva no seu o dispositivo móvel para acesso, compartilhamento e armazenamento.

Link permanente para este artigo: http://www.forumverdade.ufpr.br/blog/2015/07/07/fragmentos-da-ditadura-entre-1964-e-2007-foram-2-187-assassinatos-no-campo-e-menos-de-20-julgamentos/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *