«

»

mar. 31 2014

Imprimir Post

Programação que marca os 50 anos do golpe é lançada no Paraná

coletiva forum

O Fórum Paranaense de Resgate da Verdade, Memória e Justiça, a Comissão Estadual da Verdade – Teresa Urban e a Comissão Estadual da Verdade da OAB/PR, Prefeitura de Curitiba, entre outras entidades, preparam agenda conjunta de atividades relativas ao 50 anos do Golpe Civil Militar no Brasil que acontecerão a partir do dia 31 de março, em Curitiba.

A Comissão Estadual da Verdade do Governo do Paraná apresentou na tarde da sexta-feira (28) no prédio histórico da UFPR, na praça Santos Andrade, em Curitiba, a programação de atividades que marcam o 50º aniversário de golpe civil-militar no Brasil. Apesar da apresentação oficial, os eventos já acontecem desde o início de março e continuam até junho deste ano.

Representantes de todas as Comissões da Verdade, como OAB, UFPR e demais entidades que formam o Fórum Paranaense de Resgate da Verdade, Memória e Justiça organizaram um leque de atividades que dão destaque para exposições e mostras de cinema, além de outros eventos como ciclo de palestras, debates, seminários, audiências públicas, congressos, conferências, atos públicos e lançamentos de livros. O Fórum classifica a ação como “Descomemoração do Golpe de 1964”.

“Nossa intenção é mostrar o que representa o golpe militar, as consequências disso no presente, como a censura no país. Temos que fazer essa reflexão”, explica Norton Nohama, assessor da reitoria da UFPR e um dos responsáveis pela coordenação das atividades.

Alguns dos principais eventos acontecem entre 31 de março e 1º de abril, justamente quando se deu o golpe contra o presidente João Goulart. A partir das 19h do dia 31, na OAB-PR, será feita uma homenagem a militantes paranaenses ou vitimados no Paraná (póstumas), advogados e estudantes de direito perseguidos pela ditadura.

No dia 1º, pela manhã, acontece o lançamento do concurso para estudantes e professores da rede estadual de ensino com temática sobre os 50 anos do Golpe de 1964 no prédio histórico da UFPR. O concurso consiste na produção de um cartaz ou produto audiovisual e deve ir até setembro, quando ocorre a seleção final e premiação dos alunos.

Ainda no dia 1º, Fórum, Comissão de Anistia/Ministério da Justiça, IPPUC e Prefeitura de Curitiba realizam a inauguração do marco do Museu de Percurso ”Caminhos da Resistência” da Boca Maldita e um ato em “descomemoração” dos 50 anos do Golpe Militar de 1964, na própria Boca Maldita a partir das 18h.

Nohama dá dicas da programação como, por exemplo, o documentário “Os militares que disseram não”, de Silvio Tendler, que será lançado oficialmente no dia 3 de abril na Unibrasil. “O filme é fantástico. Faz uma leitura que as pessoas não conhecem dos militares que fizeram resistência e estavam ao lado de Jango”, afirma. O documentário ainda tem outras três exibições no estado, duas no Memorial de Curitiba e outra em Foz do Iguaçu.


QR Code - Take this post Mobile!

Faça a leitura deste código QR (Quick Response) com o seu smartphone ou tablet. O código conduzirá à URL desta página que será salva no seu o dispositivo móvel para acesso, compartilhamento e armazenamento.

Link permanente para este artigo: http://www.forumverdade.ufpr.br/blog/2014/03/31/programacao-que-marca-os-50-anos-do-golpe-e-lancada-no-parana/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *